Pular para o conteúdo principal

#XícaraVIP - 10 - Chega mais, Millôr!

E como discordar de Millôr e de Gehman acerca da vaguidão específica feminina? Não entende? Então aprume-se!

PIF-PAF | O CRUZEIRO | 1956

A Vaguidão Específica

"As mulheres têm uma maneira de falar que eu chamo de vago-específica." Richard Gehman.


-- Maria, ponha isso lá fora em qualquer parte.
-- Junto com as outras?
-- Não ponha junto com as outras, não. Senão pode vir alguém e querer fazer qualquer coisa com elas. Ponha no lugar do outro dia.
-- Sim senhora. Olha, o homem está aí.
-- Aquele de quando choveu?
-- Não, o que a senhora foi lá e falou com ele no domingo.
-- Que é que você disse a ele?
-- Eu disse para ele continuar.
-- Ele já começou?
-- Acho que já. Eu disse que podia principiar por onde quisesse.
-- É bom?
-- Mais ou menos. O outro parece mais capaz.
-- Você trouxe tudo pra cima?
-- Não senhora, só trouxe as coisas. O resto não trouxe porque a senhora recomendou para deixar até a véspera.
-- Mas traga, traga. Na ocasião, nós descemos tudo de novo. É melhor, senão atravanca a entrada e ele reclama como na outra noite.
-- Está bem, vou ver como.

De fato nós mulheres possuímos certa comunicação vaga, entretanto eficaz e completa. O problema é que os homens metem o bedelho em tudo, e nos fazem parecer loucas.

Comentários

MAIS LIDAS

Sobre fanfics 'oneshot' .

Comecei a ler fanfiction aos meus treze anos de idade, na época em que ainda existia no orkut (céus, como você é velha) aquelas comunidades de "Web Novelas". Iniciei as leituras virtuais com as tais web novelas, que na minha opinião atual eram um pé no saco, pois a plataforma do orkut não permitia uma postagem em página única. As autoras postavam os capítulos através de comentários nos fóruns. Logo, ocorria uma mistura infinita de capítulos da história com comentários de leitoras. Tudo dentro de um mesmo fórum.  Enfim... Quem viveu saberá do que estamos falando aqui, e tchananãn.

Criaram por fim, as fanfictions (ficções de fã) que eram postadas em sites de hospedagem de página HTML, como por exemplo, o vilabol e geocities (R.I.P).  Foi um achado, gente!  Porque você escrevia sua história toda, criptografava em HTML, e a história ficava no padrão atual de postagem. Ah! E havia a possibilidade de ser interativa, o que na época era um babado! Assim que encerraram a disponibili…