Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2015

Saí para torcer : morri.

Não deixe que o título lhe espante, mas a conversa é bem espantosa mesmo. 
Há um tempo atrás que eu venho empurrando com a barriga essa prosa, gente. Mas aí, caiu-me a recordação de que o "cariocão" vai começar e pimba! O que é o cariocão? Oras bolas! E muitas bolas! É o campeonato carioca de futebol rapaziada! Pois bem, ele vem aí no finalzinho de Janeiro. 
Logo, nesse meu papel de jornalista "freelancer" no fundo da quintal da vida... Tenho o dever de iniciar aí nosso "converseiro". Qual o seu time? Eu não tenho lá um time, mas aqui em casa o povo é flamenguista. Aí começa aquele zum-zum-zum de "time de favela", "maior time do país", de "o Maraca é nosso" e coisa e tal. 
Eu não vou ao Maracanã torcer para o flamengo nem para outro time, porque tenho muita roupa pra torcer no tanque da vida - aqui no fundo do quintal dela - mas, uns tempinhos atrás eu até dei uma animada...  Pensei em comprar uma camisa de time, mas eu não tenho…

#XícaraVIP - 06 - Chega mais, Millôr!

O PIF-PAF | O CRUZEIRO | 1947 | MILLÔR FERNANDES

Nessa publicação, Millôr apresenta quarenta e seis frases - das quais divulgarei as melhores, na minha concepção - que reforçam crendices do povo brasileiro, algumas humoradas outras preconceituosas. E pasme, consigo identificar entre todas, crendices ainda vívidas na nossa cultura, mesmo que os tempos tenham mudado! Bom divertimento.

Credo Brasileiro Apontamentos básicos para um estudo de crenças brasileiras afirmativas, certas ou erradas, de que... 1- ... todos os maridos ultrajados são os últimos a saber. 2- ... as pessoas portadoras de mau hálito jamais o percebem. 3- ... todos os comerciantes estão procurando avidamente roubar os fregueses. 4- ... as sogras jamais tem boa vontade com relação aos genros. 5- ... todos os americanos são altos, fortes, bonitos, louros, ganham quinhentos mil dólares por mês e não são muito brilhantes. 6- ... todos os atores de teatro são homossexuais. 7- ... os americanos, suecos e noruegueses são inteir…

#XícaraVIP - 05 - Chega mais, Millôr!

Após uma centésima de tempos, que nosso querido Millôr não era recordado por aqui, eis que findo tal saudade. Façamos uma retrospectiva das #XícarasVIP com Millôr, aqui já apresentadas: 01 - 02 - 03 - 04 .
      Em mais uma de suas humoradas publicações na coluna "O PIF-PAF" do jornal "OCRUZEIRO" datado de 1946, Millôr escreve retratando a visão das crianças em relação às coisas, e atribui significado e conceitos próprios de explicações infantis. Inocente e divertido.
"Compozissõis Infantiz"
A Água A água é uma substância fria e mole. Não tão fria quanto o gelo nem tão mole quanto a gema de ovo porque a gema de ovo arrebenta quando a gente molha o pão e a água não. A água é fria mas só quando a gente está dentro. Quando a gente está fora nunca se sabe a não ser a da chaleira, que sai fumaça. A água do mar mexe muito mas se a gente põe numa bacia ela pára logo. Água serve pra beber mas eu prefiro leite e papai gosta de cerveja.
Serve também pra…

Das muitas expressões que você tem...

Talvez eu nunca tenha comentado entre meus muitos poemas e textos, o quão me cativam um sorriso largo de olhar pequeno. E com certeza eu também nunca o disse a ninguém. Quando você começa a abrir aquele sorriso tímido que vai esticando o cantinho da boca, de um lado em forma teimosa de negar sorrir, eu confesso que é impossível não sorrir da mesma forma. Confesso também que é uma forma de fazê-lo se soltar. Mas gosto mesmo de manter o olhar observativo sobre esses sorrisos e estes olhares que você abaixa tentando esconder o que se passa na sua mente. É de um lado predador meu, natural e inconsciente.  E quer saber como você me quebra? Quando mantém o sorriso de canto e levanta os olhos para me encarar, e dizer algo que só eu entenda através dessas íris castanho-esverdeadas.  Nesse momento, eu perco a voz e enrubesço. E fico totalmente desarmada quando por fim, você completa o sorriso cheio de dentes e espreme os olhinhos. Sim, isso me mata. E é aí que você vence. É esboçando essa feição …

Indicação de Fanfic do Mês : Missão Padrinhos, por Samya G.

| Título: Missão Padrinhos | Autora: Samya G. | Classificação: 14 anos | Gênero: Comédia Romântica | Categoria: Outros | Shortfic | Interativa | Finalizada | Sinopse da autora: "Ele a amou durante toda adolescência até descobrir que… Bom, ela gostava de garotas. Mais do que isso. Ela gostava exatamente das garotas que ele se interessava, tornando toda a época da faculdade deles uma guerra infernal. Anos mais tarde, depois de formados e adultos, eles se reencontram para serem padrinho e madrinha de casamento de um amigo em comum. Como sempre, ambos vão se interessar pela mesma mulher, a prima da noiva. Mas e se essa briga entre eles só os aproximarem mais? Será que o sentimento de infância dele irá voltar à tona? Será que ela vai resistir? Vista sua melhor roupa de gala e venha conferir!" |


      Em "Missão Padrinhos"  a narrativa é dupla mostrando a percepção de ambos personagens principais. A história é muito bem construída, o que faz a leitura soar amena e interes…

James Vincent McMorrow

Quando você descobre outra genialidade responsável pela trilha sonora da sua vida, o que fazer? Virar fã, lógico!

Estou falando do James Vincent McMorrow. *---------*
Irlandês, 14 de janeiro de 1983 (31 anos), | Cantor, compositor,  toca guitarra, bateria, banjo e teclado | Gênero: Indie, Folk | Discografia: Early in the Morning "No início da Manhã" (2010) - Post Tropical "Pós Tropical" (2014) | Canções Sucesso: Higher Love, Cavalier | Gravadora:Vagrant Records Foi na faculdade que ele aprimorou seu estilo ao amadurecer para os sons acústicos. Até então, baterista e seguia a linha mais rude, com melodias mais pesadas. Aos 19 anos tornou-se compositor. E nessa mesma idade abrangeu seu leque instrumentístico, pegando uma guitarra após escutar Donny Hathaway's. A partir de então compôs canções baseadas nos estilos musicais da década de 70. Grande parte de suas composições foram interpretadas por cantoras, muito pela semelhança ao seu próprio timbre vocal. Sua expansão…

Tudo pólvora para descontrole hormonal

Cá estava eu em minha sala fazendo planejamentos, planilhas, organizações e etc; quando um balbuciar de diálogos misturado a trilhas sonoras ecoou. Pensei então - "algum bom ser habitante desse lar soltou uma música confortante". 
Não meus queridos, nada de música. Se tratava daquele objeto de tubo grande, altos falantes bilaterais, imagem considerada antiga, já que o HD digital está por aí fazendo a alegria das famílias nos mais novos aparelhos. Tão finos quanto um dia chegou-se a acreditar.
Era transmitida mais uma bobeirice televisônica! E essa me rendeu um desabafo, esse que vos faço.
O que dizer desse seriado-zinho chamado "Malhação"?
Minha gente! Isso é tudo pólvora para descontrole hormonal. Sabem por quê?



Primeiramente, a iniciar pela palhaçada que são essas historinhas repetidas e pão-com-ovo que qualquer pré-adolescente conseguiria escrever. Meus céus, como podem? Pareço ter um deja vú a cada vez que em algum comercial fazem a chamada desse troço. O ano vi…