Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

Uma virada indescritível.

_  Você não sabe de nada seu idiota. - Eu ria sem graça e com uma ponta de medo por estar arriscando me revelar assim. _ Do que eu não sei? _ De muitas coisas. - O nervosismo me atacava e em minha mente ecoava  " burra, maluca, idiota, burra, burra, me odeio!" _ Tipo ? - Ele havia conseguido, com aquele jeito displicente e palhaço. Sem olhar nos meus olhos, apenas olhando à sua frente eu sabia que ele enxergava mesticulosamente cada pedacinho meu, cada gesto, cada atitude. Ele não precisava me encarar para isso. Talvez fosse um dom. O fato é que de nada adiantaria eu mentir e fingir não ter algo a mais ou até mesmo indiferença a ele. _ Você não sabe como eu sofri. Tudo o que tive que passar enquanto eu ia e vinha. Foi um ano bom, um ano como outros, mas nessa virada eu esperava algo mais da vida talvez. _ Ainda não são meia noite. - Ria zombeteiro de mim, como alguém que esconde algo. Eu podia imaginá-lo com a mão na boca abafando uma gargalhada e com os olhinhos apertados, como …