Pular para o conteúdo principal

♫ "Domingo, eu NÃO vou ao maracanã..." ♫





"Domingo, eu vou ao maracanã. Vou torcer pro time que sou fã. Vou levar foguetes e bandeira ..." ♫ 


Esperem aí, companheiros! Não. Simples assim. Eu não vou ao maracanã. 

Como é que eu posso ir assistir à uma partida de futebol se eu nem fiz a minha cama? Como assim? Ora, mas em que mundo vocês vivem? 
Festejar? Festejar o quê? O salário altíssimo e absurdo dos jogadores do seu time enquanto você conta moedinhas no supermercado por ter economizado para comprar seus ingressos? Pois, se é de circo que você vive, tudo bem. Eu não. 

Tem uma lista quilométrica de equívocos, pendurada bem debaixo do seu nariz. E eu vou dar o meu cartão vermelho! Um só garanto-lhes que não é. É uma penca! Haja juiz para tanto cartão. 

Primeiro cartão: 


Aos hospitais públicos, que dispensam comentários e me livram de uma longa explicação já que está tudo muito bem escancarado. 

E é bom economizar saliva mesmo, porque eu sei que se falar demais também, ninguém irá escutar. Ou melhor, ler. Se é que os camaradas, dão algum valor para minhas lamúrias com café. 

Segundo cartão: 

Ao transporte público. Estamos pagando caro, logo, quase cinco reais para andar de pau-de-arara
Pois, olha meu amigo, eu nem te digo para andar de bicicleta, porque na certa você será atropelado. É o caos solto! Entretanto, se quiser um conselho faça como eu: compre um par de patins ou um skate, porque pelo menos pode-se utilizar as calçadas. Mas vou advertí-los que não é seguro, não. Hoje em dia, bato palmas para quem tem coragem de sair de casa todo dia. Não é à toa que as pessoas estão procurando emprego para se trabalhar em casa. É o caos solto! E se você não sabe andar de patins ou skate, que se vire. Do contrário, vai de pau-de-arara moderno pagando caro. 

Em especial para os navegantes do Rio de Janeiro: meus caros, não seria melhor emanciparem-se, nossos amigos, que se encontram do outro lado da baía de Guanabara? Pois pensem bem, é melhor criar uma nova civilização estatal por essas bandas aí, do que pagar um cruzeiro (à lá canoa) só para atravessar o mar. Vão por mim, é mais lucrativo!

Terceiro cartão: 

Alô segurança pública: se morrer gringo vai dar problema hein! Vocês podem até não dar a mínima para nós pobres, "a ralé", os suburbanos e já estão acostumados ao "desvalor" que tem as nossas míseras vidas, mas a galera que vem é coisa fina, camaradas! Não digo nem que são o "caviar" porque o pobre já tem acesso à isso. É só comprar de pescador de praia, clandestino. Contudo, os colonos vem aí preparados para o glamour. Cá entre nós, nós sabemos que glamour é coisa da globo, e por mais que vocês se enganem, os gringos estão espertos e de olho vivo em nós. Então, está avisado! Se morrer gringo avisa antes, porque eu fujo da confusão e vou para a Lapônia catar pedrinhas pelo menos até a poeira abaixar. 

Quarto cartão: 

Disseram que é futebol de estreia domingo(28/04) no Maraca né? Vocês juram? Para cima de muá
Quem é bobo que vá. Três anos para reformar e concluir a obra e ainda tenho que presenciar os noticiários divulgando as sei-lá-quantas emendas de prazos de entrega remarcados? Poxa, gente!  Contrata direitinho da próxima vez, afinal de contas não pode ser qualquer construtora. Isso aí não é o "minha casa, minha vida" para fazer "nas coxas" não! É o Maracanã! Aquela obra, que renderá milhões de reais e milhões de bobos pagando ingresso na copa.
Ah, e desculpem a grosseria, mas estou torcendo para que os índios (pode ser aqueles que vocês enxotaram lá do museu, no centro) façam a dança da chuva, porque eu estou pagando para ver o que vai dar! Na pior das hipóteses nós poderemos contar com o fenômeno: futebol a nado. 

Quinto Cartão: 

Trânsito. 
Então? Qual vai ser do trânsito? Eu não dirijo, e só estou perguntando mesmo à caso de curiosidade. Porque tem uns colegas meus que necessitam do pau-de-arara moderno, e se não está tendo linha o suficiente para nós, as baratas locais, então... Como vai ser? 
Supervia? Trem? 
Não, obrigado. Acho que ninguém aqui quer refazer "Velocidade Máxima". Pelo menos, não sem o Keanu Reeves. E sem falar que, a nossa Maria Fumaça também está com um precinho... Não, não vale a pena. Se eu quiser morrer, me jogo da ponte Rio-Niterói. Morro pobre, mas com estilo.
Táxi? 
Alô produção, isso não é exclusividade para os gringos? Ainda não? Ah, mas vai ser! A "bandeira" deles vai estar digna de pagamento com euro ou dólar.

Mais uma coisinha: Ei aí em cima, quem controla e organiza o tráfego! Vocês vão fazer simpatia para que não chova? Porque se não, é melhor implantar uns barcos, uns botes, assim os entornos do Maraca vão ficar mais transitáveis. Ah, e por favor, meus queridos, não vamos cobrar taxas altas não, porque não precisa nem de gasolina! Basta umas canoinhas com remo e pronto. Corredeiras radicais em pleno centro da cidade!

Sexto Cartão: 

Torcidas Organizadas.

Posso organizar uma guarda especial do Batalhão de Operações Especiais? Se a torcida é "organizada" eu também sou. E é melhor me preparar não é? Bem sei que vocês vem com tudo! Então está combinado! Eu vou ao jogo dentro de um caveirão e torcemos juntos pela nossa seleção. E com rima!

Agora, algumas pequeninas observações incluindo tudo isso à Copa, e as Olimpíadas:

- Aos setores responsáveis: 

Nada de foguetes na arquibancada não é? Não seria legal uma punição no meio do torneio da Copa Mundial, não é? Vimos como foi com o Coringão, lá em SP e não queremos! Então, vamos proibir os foguetinhos, cabeças de nego, estalinhos de são joão, granadas, sinalizadores e qualquer outra coisinha "divertida e sem importância" dessas. Só para evitar dor de cabeça, meus caros.

- Aos jogadores de futebol: 

Sei que independente dos resultados, a conta corrente gorda de vocês está garantida. E nem peço por nós porque vocês não dão a mínima, mas pela fama que temos, poxa, tentem não envergonhar demais nossos pobres torcedores. Vamos tentar evitar às festinhas,  os bailes funks, as regalias desregradas e por favor, não sejam pegos no dopping por que é vergonhoso para vocês. Sei que não se tem a mesma cultura antiga, e hoje, o próprio atleta dos campos de futebol não se importa com a posição social que deveria ter, mas vamos brincar de fingir. É que os gringos vão estar assistindo também né? 

- Aos torcedores: 

Não se iludam com o hexa título, por favor. Já não basta se iludirem de que a vida por aqui está um mar de rosas enquanto vocês torcem por seus clubes ricos? 

- Aos governantes: 

NADA DE FERIADO. Por favor, parou com a palhaçada! Por que se vocês não querem trabalhar, tem quem queira! E eu não sou a única! Aos bobos, dá muito bem para trabalhar e assistir ao jogo, ou matar o trabalho, mas feriado não! É inaceitável! Temos feriado o ano todo, e ainda nos damos ao luxo de "emendar". Já está bom, já está ótimo. Então, pela misericórdia, uma única vez: Feriado não. E isso vale para o título de "Ponto Facultativo" também.

- Aos leitores: 

Eu, descrente? Eu, desacreditada? Eu, do contra? Talvez. 
Só sei que estou sendo realista. E juro que dessa vez torço para que dê tudo errado. Sem acidentes trágicos, sem mortes, mas que o Brasil leve uma zica danada na copa! Porque é muita hipocrisia fingir que está tudo bem quando, repito mais uma vez, o caos está solto!

É vergonhoso sediarmos a Copa do Mundo, quando não temos hospitais. Quando goleiros homicidas cumprem uma pena cara-de-pau com papinho mole de voltar a jogar. Quando pessoas lutam para voltar para casa vivos, inteiros e com um mínimo de moedas nos bolsos. Quando pessoas são mortas como se a vida delas não fosse nada além de mais uma identificação civil. Quando famílias perdem tudo nas enchentes,  com os morros (negligências estatais) caindo. Quando a bandidagem é tampada com uma peneira. Quando menores de idade agem como bárbaros estúpidos que sabem muito bem o que fazem, mas são tratados com humanidade. 

Humanidade... Sabe, agora acabando de escrever o post, catar pedrinhas na Lapônia me soa muito mais feliz.

Eu não vou assistir à copa. Eu não vou participar da "festa". Eu não vou fingir. Tudo, porque eu não estou de acordo, não estou feliz e nem orgulhosa com nada do que ando vendo. 

Agora, se tudo for muito diferente do que anda sendo, eu peço desculpas e retiro o "meu time de campo". No entanto, todos continuarão sendo enganados e provavelmente, nada vai mudar depois da Copa e as Olimpíadas.


Será que ainda encontro um lugar mais justo? Uma justiça mútua e não egocêntrica como vemos.



Comentários

  1. Vengo del blog de HumorEnConto de Ana Cecilia Romeo y me ha encantado tu Rincón; por lo cual, si no te importa, me hago Seguidor de tan bello y Mágico Espacio, que es el Tuyo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peter, estoy inmensamente agradecido por el cuidado y muy contento de que te haya gustado! Gracias por unirse a mi espacio! Puedes seguirnos a gusto! Abrazos.

      Excluir

Postar um comentário

Comenta! Adicione um pouco de açúcar nessa xícara!