Pular para o conteúdo principal

Você não é você.



Você não quer enxergar nada além das suas pegadas. E eu quero ir muito além de perigos.
Você acha que ninguém é mais coitado do que você, talvez porque nunca tenha sido de verdade.
Ando por vielas, praças, becos, avenidas respirando odores. Indistintos, oblíquos e que não trazem nenhum resquício de tempos vividos.
E você aí fantasiando suas dores e amores. Você não enxerga nada além do seu mundinho. Eu prefiro escrever meu próprio destino.
Você acha que nada é pior a não ser para você. Você sonha com unicórnios e coroas que não busca encontrar. Sua alma é um desenho à lápis onde qualquer um pode apagar e refazer.
Seu reflexo é um jogo de espelhos, no bolso de qualquer pessoa. Sombra desfocada, torta e espelho sujo.
Você espera que tudo venha por osmose. Eu busco tudo, eu crio mundos, eu pesco o meu futuro.
É necessário evitar nossa própria derrota, porque ninguém fará isso por nós.
Ainda que involuntário somos nós que cavamos nossa cova.
Ninguém pode ensinar nada a ninguém, pois ninguém sabe  nada de ninguém.
Fique com seus sonhos surreais, suas ilusões, comodismo, bossais, sua falsa paz e sua solidão.
Esse é o seu céu. Eu prefiro o meu inferno, mais direito e feliz.



Comentários

  1. Posso considerar que você gostou? Rsrs'

    ResponderExcluir
  2. Rayzichta, já disse que você é foda?

    ResponderExcluir
  3. AUHSUAHSAUHS' Jujuba, você é uma linda *-*

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comenta! Adicione um pouco de açúcar nessa xícara!

MAIS LIDAS

Sobre fanfics 'oneshot' .

Comecei a ler fanfiction aos meus treze anos de idade, na época em que ainda existia no orkut (céus, como você é velha) aquelas comunidades de "Web Novelas". Iniciei as leituras virtuais com as tais web novelas, que na minha opinião atual eram um pé no saco, pois a plataforma do orkut não permitia uma postagem em página única. As autoras postavam os capítulos através de comentários nos fóruns. Logo, ocorria uma mistura infinita de capítulos da história com comentários de leitoras. Tudo dentro de um mesmo fórum.  Enfim... Quem viveu saberá do que estamos falando aqui, e tchananãn.

Criaram por fim, as fanfictions (ficções de fã) que eram postadas em sites de hospedagem de página HTML, como por exemplo, o vilabol e geocities (R.I.P).  Foi um achado, gente!  Porque você escrevia sua história toda, criptografava em HTML, e a história ficava no padrão atual de postagem. Ah! E havia a possibilidade de ser interativa, o que na época era um babado! Assim que encerraram a disponibili…