Pular para o conteúdo principal

Você não é você.



Você não quer enxergar nada além das suas pegadas. E eu quero ir muito além de perigos.
Você acha que ninguém é mais coitado do que você, talvez porque nunca tenha sido de verdade.
Ando por vielas, praças, becos, avenidas respirando odores. Indistintos, oblíquos e que não trazem nenhum resquício de tempos vividos.
E você aí fantasiando suas dores e amores. Você não enxerga nada além do seu mundinho. Eu prefiro escrever meu próprio destino.
Você acha que nada é pior a não ser para você. Você sonha com unicórnios e coroas que não busca encontrar. Sua alma é um desenho à lápis onde qualquer um pode apagar e refazer.
Seu reflexo é um jogo de espelhos, no bolso de qualquer pessoa. Sombra desfocada, torta e espelho sujo.
Você espera que tudo venha por osmose. Eu busco tudo, eu crio mundos, eu pesco o meu futuro.
É necessário evitar nossa própria derrota, porque ninguém fará isso por nós.
Ainda que involuntário somos nós que cavamos nossa cova.
Ninguém pode ensinar nada a ninguém, pois ninguém sabe  nada de ninguém.
Fique com seus sonhos surreais, suas ilusões, comodismo, bossais, sua falsa paz e sua solidão.
Esse é o seu céu. Eu prefiro o meu inferno, mais direito e feliz.



Comentários

  1. Posso considerar que você gostou? Rsrs'

    ResponderExcluir
  2. Rayzichta, já disse que você é foda?

    ResponderExcluir
  3. AUHSUAHSAUHS' Jujuba, você é uma linda *-*

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comenta! Adicione um pouco de açúcar nessa xícara!