Pular para o conteúdo principal

Síndrome de Diógenes.

Há exatos 3 anos fiz um trabalho científico escolar no meu último ano de Ensino Médio sobre a Síndrome de Diógenes. Postei em um blog antigo meu, e agora trouxe para vocês, nesse novo blog.
Já ouviram falar na síndrome de Diógenes? 
Pois bem, é uma doença que ao contrário do que muitos pensam é séria, os preconceituosos e ignorantes tratam a doença como "mania de rico","mania de velho", mas esse pensamento medieval não se encaixa aqui.
Um portador dessa síndrome, na maioria das vezes é uma pessoa que se veste bem, tem boas condições e mesmo assim, vasculha e coleciona lixo. Porém, nem sempre o perfil do indivíduo é o mesmo, pode ser alguém simples, portador da doença.
 Por favor pessoas, não vão pensar, nem dizer que sua avó, seu pai, ou algum parente veterano em sua família tem a síndrome só porque gosta de guardar e colecionar coisas velhas!Há uma enorme diferença em colecionar, guardar e sair por aí catando lixo [/Eu mesma confundi antes de conhecer a doença, e achei que meu pai era assim e depois vão dizer que a culpa é minha, e não estou afim de confusão. Rsrs']
Para identificar um portador da doença, é preciso saber quais são os sintomas da Síndrome de Diógenes: abandono social e pessoal do portador, isolamento voluntário, acúmulo gradativo de lixo. O doente, costuma vasculhar latas e sacos de lixo, procurando por algo que segundo a sua mentalidade, possa satisfazê-lo.
É importante relatar também, que o doente é lúcido, ligado à realidade, ao que acontece nela. 
Um caso dessa síndrome, e que muitos conhecem, é o caso da cantora Whitney Houston. 
Os vizinhos podem ajudar bastante no relato da pessoa, pois além de alertar os familiares sobre a doença (já que geralmente são os primeiros a percebê-la), eles também podem ajudar no tratamento da doença, fazendo com que o doente se sinta confiante em aceitar uma maior interação com a comunidade.
A doença não tem cura, mas o tratamento das pessoas para com o portador, é essencial, para que aos poucos, essa síndrome seja mais controlada pela família.

Nos sites abaixo, mais informações sobre a síndrome de Diógenes:
Fontes de pesquisa:


Algumas fotos: 
(A maioria das fotos eram muito nojentas, por isso, eu fui legal com vocês e coloquei apenas as mais "leves")
Beijos e até a próxima : *
Por, Raay ;*

Comentários