Pular para o conteúdo principal

Síndrome de Diógenes.

Há exatos 3 anos fiz um trabalho científico escolar no meu último ano de Ensino Médio sobre a Síndrome de Diógenes. Postei em um blog antigo meu, e agora trouxe para vocês, nesse novo blog.
Já ouviram falar na síndrome de Diógenes? 
Pois bem, é uma doença que ao contrário do que muitos pensam é séria, os preconceituosos e ignorantes tratam a doença como "mania de rico","mania de velho", mas esse pensamento medieval não se encaixa aqui.
Um portador dessa síndrome, na maioria das vezes é uma pessoa que se veste bem, tem boas condições e mesmo assim, vasculha e coleciona lixo. Porém, nem sempre o perfil do indivíduo é o mesmo, pode ser alguém simples, portador da doença.
 Por favor pessoas, não vão pensar, nem dizer que sua avó, seu pai, ou algum parente veterano em sua família tem a síndrome só porque gosta de guardar e colecionar coisas velhas!Há uma enorme diferença em colecionar, guardar e sair por aí catando lixo [/Eu mesma confundi antes de conhecer a doença, e achei que meu pai era assim e depois vão dizer que a culpa é minha, e não estou afim de confusão. Rsrs']
Para identificar um portador da doença, é preciso saber quais são os sintomas da Síndrome de Diógenes: abandono social e pessoal do portador, isolamento voluntário, acúmulo gradativo de lixo. O doente, costuma vasculhar latas e sacos de lixo, procurando por algo que segundo a sua mentalidade, possa satisfazê-lo.
É importante relatar também, que o doente é lúcido, ligado à realidade, ao que acontece nela. 
Um caso dessa síndrome, e que muitos conhecem, é o caso da cantora Whitney Houston. 
Os vizinhos podem ajudar bastante no relato da pessoa, pois além de alertar os familiares sobre a doença (já que geralmente são os primeiros a percebê-la), eles também podem ajudar no tratamento da doença, fazendo com que o doente se sinta confiante em aceitar uma maior interação com a comunidade.
A doença não tem cura, mas o tratamento das pessoas para com o portador, é essencial, para que aos poucos, essa síndrome seja mais controlada pela família.

Nos sites abaixo, mais informações sobre a síndrome de Diógenes:
Fontes de pesquisa:


Algumas fotos: 
(A maioria das fotos eram muito nojentas, por isso, eu fui legal com vocês e coloquei apenas as mais "leves")
Beijos e até a próxima : *
Por, Raay ;*

Comentários

MAIS LIDAS

Sobre fanfics 'oneshot' .

Comecei a ler fanfiction aos meus treze anos de idade, na época em que ainda existia no orkut (céus, como você é velha) aquelas comunidades de "Web Novelas". Iniciei as leituras virtuais com as tais web novelas, que na minha opinião atual eram um pé no saco, pois a plataforma do orkut não permitia uma postagem em página única. As autoras postavam os capítulos através de comentários nos fóruns. Logo, ocorria uma mistura infinita de capítulos da história com comentários de leitoras. Tudo dentro de um mesmo fórum.  Enfim... Quem viveu saberá do que estamos falando aqui, e tchananãn.

Criaram por fim, as fanfictions (ficções de fã) que eram postadas em sites de hospedagem de página HTML, como por exemplo, o vilabol e geocities (R.I.P).  Foi um achado, gente!  Porque você escrevia sua história toda, criptografava em HTML, e a história ficava no padrão atual de postagem. Ah! E havia a possibilidade de ser interativa, o que na época era um babado! Assim que encerraram a disponibili…