Pular para o conteúdo principal

Meu Velho Baú



Hoje eu acordei e me levantei rapidamente. Senti uma vontade extrema de pegar meu velho baú.
Um baú onde guardo uma vida de pensamentos, de desejos, de sonhos.
Ele está um pouco empoeirado e tive a impressão de ter jogado a chave do seu cadeado no lixo.
Mas encontrei-a nas minhas velhas lembranças, no meu coração.
Eu peguei o meu baú de sonhos perdidos e determinei-me a resgatá-los e ir em busca de cada um deles.
São sonhos muito extremos, e infelizmente tenho a consciência de que não será tão fácil, afinal eu sou uma apenas. E sei que posso não conseguir. Mas me deixo acreditar nessas conquistas, que terei de fazê-las sozinhas, porque acreditar nelas me permite continuar sonhando e lutando por meus anseios.

Comentários

Postar um comentário

Comenta! Adicione um pouco de açúcar nessa xícara!

MAIS LIDAS

Sobre fanfics 'oneshot' .

Comecei a ler fanfiction aos meus treze anos de idade, na época em que ainda existia no orkut (céus, como você é velha) aquelas comunidades de "Web Novelas". Iniciei as leituras virtuais com as tais web novelas, que na minha opinião atual eram um pé no saco, pois a plataforma do orkut não permitia uma postagem em página única. As autoras postavam os capítulos através de comentários nos fóruns. Logo, ocorria uma mistura infinita de capítulos da história com comentários de leitoras. Tudo dentro de um mesmo fórum.  Enfim... Quem viveu saberá do que estamos falando aqui, e tchananãn.

Criaram por fim, as fanfictions (ficções de fã) que eram postadas em sites de hospedagem de página HTML, como por exemplo, o vilabol e geocities (R.I.P).  Foi um achado, gente!  Porque você escrevia sua história toda, criptografava em HTML, e a história ficava no padrão atual de postagem. Ah! E havia a possibilidade de ser interativa, o que na época era um babado! Assim que encerraram a disponibili…