Pular para o conteúdo principal

Aquele "Q" de quero mais.



Para o quê você pediria um "bis" ? No que você gritaria "mais um, mais um." ?
Surpreendi-me pensando nisso hoje. Eu não consegui ainda listar tudo, mas eu sinto que tem um "q" de quero mais, nas surpresas da vida que eu tive e tenho. Uma vida curta de 18 anos apenas, mas que já aprendeu tanto. Se deliciou tanto.
Quero mais amor, surpresa, felicidade, pessoas, quero muitas pessoas na minha vida, embora elas sejam difíceis de lidar, eu consigo falar a língua delas vez ou outra. Quero também pássaros, muitos ! Soltos e livres, obviamente. Quero animais lindos em harmonia comigo ou com qualquer outro ser. Quero crepúsculos inconstantes, natureza e vários banhos de cachoeira. Muitos grãos de areia a pisar nas praias. Pedras coloridas, adoro-as e quero-as. Conchas e peixes.
Quero todos os dias, os cumprimentos "bom dia, boa tarde, boa noite" seguidos de um sorriso largo, cheio de dentes ou não, mas que não partam somente de mim.
Quero educação, gentileza. Meditações nos fins de tarde, orações, fé. 
Quero café forte , quero muito! (Risos) E chocolate também. 
Sorrisos, beijos, olhares, abraços, carinhos, vento nas pálpebras, pegadas no chão. Pé no chão, para longe com os sapatos ! Quero insanidade, insanidade saudável. 
Vida, é acho que é isso que eu quero. Eu quero aquele "Q" de quero mais viver.


Por, Rayanne Nayara.

Comentários

  1. Que texto lindo! Adorei tudo o que disse! E achei "vento nas pálpebras" uma das coisas mais curiosas e verdadeiras que li. Adorei!

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAA *O* Obrigadinha Lets *u* hehehe' Pois é, isso de vento nos cabelos para mim é meio falso, na verdade a sensação deliciosa é do vento tocando as pálpebras, quando ele toca aos cabelos, dá é desespero por bagunçar tudo kkkk' Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Meu Deus, muito bom! Com certeza uma ótima reflexão para um fim de tarde, não deixando de ser um ensinamento e uma proposta de aproveitar mais a vida, afinal é a única que temos. Carpe Diem!

    ResponderExcluir
  4. Ice Street,

    Muito obrigada pelas palavras, pela leitura e pelo comentário, com certeza trata-se de um olhar íntimo que passo a enxergar a vida, mas que gostaria que passasse a ser o olhar de todos. A calmaria da observação, que infelizmente está extinta. Carpe diem, sem dúvidas, carpe diem !

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comenta! Adicione um pouco de açúcar nessa xícara!