Pular para o conteúdo principal

O amargo viver de apenas habitar.



O amargo viver de apenas habitar. Quão doloroso é assistí-lo.
Como diz a imagem " a vida é muito curta para esperar."  E ainda há quem espera.
Eu me questiono: o que esperam ? Porque não buscam?
Se é por falta de alguém que lhes grite, então temos uma grande mobilização a se executar. 
Há tanto para se fazer e quando não é por nós é pelos outros. 
Ao ver essas pessoas-estátuas eu continuo a me questionar . Porquê ? Qual o motivo de parar no tempo?
Qual é a sensação que essa gente sente em apenas habitar ?
Se eu me encontro em monotonia total  bate-me um desespero tão grande, um temor no qual apenas consigo compreender ser originário de vidas passadas.
A sensação gloriosa de prazer ao sentir-se vivendo de fato, fazendo por onde, buscando aproveitar a vida é tão imensa que não assimilo a razão de apenas habitar.
A vida é doce. E viver é lambuzar-se em melado. Já, assistir a vida passando à sua frente, é incomensuravelmente amargo. E não aconselho a ninguém nadar em fel.

Comentários

  1. O amargo viver de apenas habitar.
    :)

    ResponderExcluir
  2. Gostou ? Rs' Obrigada pela visita ^^'

    ResponderExcluir
  3. "A vida é doce. E viver é lambuzar-se em melado. Já, assistir a vida passando à sua frente, é incomensuravelmente amargo. E não aconselho a ninguém nadar em fel."


    Nem preciso dizer o quanto amei isso, preciso?
    Me lembrou muito o livro de Markus Zusak, Eu Sou O Mensageiro, no qual ele fala em uma parte "Prefiro correr atrás do sol a esperar que ele incida sobre mim" (algo do tipo).

    Aliás, se não leu esse livro, não perca mais tempo e leia.

    ResponderExcluir
  4. Eu nem preciso dizer o quanto eu amei você ter amado isso né ? Eu não li, esse livro foi colocado recentemente na minha lista de desejos, eu li a sinopse e pensei "preciso dele." Mas agora com você dizendo isso, correrei o mais rápido possível para comprar **

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comenta! Adicione um pouco de açúcar nessa xícara!