Pular para o conteúdo principal

Cabines "Londrinas"

Se algum dia eu for à Inglaterra, (eu irei ) com certeza entrarei em uma típica cabine telefônica muito feliz e saltitante ! Sempre achei a ideia muito fantástica. 
A minha cabeça de borboleta vive imaginando cenas engraçadas que envolvam essas cabines.

 Por exemplo, imagine alguém falando com seu grande amor ao telefone, e uma fila extensa ao lado de fora esperando. O telefonista lá com aquela cara de romântico, cheio de "fofurinhas" rindo dos outros que esperam. 
 Ou ainda alguém que fique preso dentro delas. Ou aquelas típicas cenas de pegadinhas, onde derrubam a cabine com a pessoa dentro. Sei lá... talvez não tenha muito nexo . Na verdade não tem, é só uma cabine inglesa.

Gosto delas, é mais privado. Não é como aqui, que temos que ficar contentes se um orelhão funciona e torcer para não ter ninguém para usar, porque é mega desconfortável utilizá-lo com alguém atrás batendo o pé esperando. Na verdade há anos não avisto um orelhão! A maioria das cidades aqui do Rio estão surdas.

Sabe talvez para vocês não seja nada de mais. Mas para mim é um ponto onde muitas histórias se cruzam, um elevador cheio de inspiração... Uma cabine inglesa, onde eu poderia ficar imersa o dia inteiro,  dando "tchauzinho" para quem passasse, mas sem perder o que ocorre ao meu redor. Enfurecendo algumas pessoas que quisessem utilizar o aparelho, apenas por peraltice de adolescência.


Comentários

Postar um comentário

Comenta! Adicione um pouco de açúcar nessa xícara!

MAIS LIDAS

Sobre fanfics 'oneshot' .

Comecei a ler fanfiction aos meus treze anos de idade, na época em que ainda existia no orkut (céus, como você é velha) aquelas comunidades de "Web Novelas". Iniciei as leituras virtuais com as tais web novelas, que na minha opinião atual eram um pé no saco, pois a plataforma do orkut não permitia uma postagem em página única. As autoras postavam os capítulos através de comentários nos fóruns. Logo, ocorria uma mistura infinita de capítulos da história com comentários de leitoras. Tudo dentro de um mesmo fórum.  Enfim... Quem viveu saberá do que estamos falando aqui, e tchananãn.

Criaram por fim, as fanfictions (ficções de fã) que eram postadas em sites de hospedagem de página HTML, como por exemplo, o vilabol e geocities (R.I.P).  Foi um achado, gente!  Porque você escrevia sua história toda, criptografava em HTML, e a história ficava no padrão atual de postagem. Ah! E havia a possibilidade de ser interativa, o que na época era um babado! Assim que encerraram a disponibili…