Pular para o conteúdo principal

Cárcere

Cansa prender-se em si.
Cansa até mesmo expressar-se. Porque parace que metade do mundo é surdo.
E quando se busca a luta sozinho, o fardo parece inseparável. A conquista fica turva.
Quando falo que cansa, não digo das lutas pessoais, mas das lutas do mundo.
Já me ateei a sensações inefáveis e também fartei-me de tentar entendê-las.
Certamente poucos podem compreender cada uma dessas palavras, apenas o que digo é que cada dia mais, não somente eu, mas a humanidade se tranca em objetivos, se exclui do sentido de comunidade e isso é sufocante para mim, e creio não somente a mim.
Eu mesma, vivo um eterno cárcere, e juro com toda a sinceridade que os juramentos não trazem, que nem ao menos sei qual o crime cometi para encarceirar-me e deixar-me ser encarceirada. Sinto apenas que está distante de livrar-me disso.
Agora vejo que o que nós precisamos é da real liberdade. Essa que ninguém ainda encontrou. Em lugar nenhum do mundo, pois estamos sempre nos regrando e comedindo as atitudes. Bem sabemos que quando alguém se liberta, logo vê-se acuado.
Se essa vontade fosse geral, se todos buscassem perspectivas mútuas e de futuro não tão capitalista, quem sabe as coisas fluíssem mais felizes e harmônicas ?




Comentários

  1. Estou a seguir o blogue, gostei muito :)

    ResponderExcluir
  2. Raquel Barbosa Muitoo obrigada *-*

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comenta! Adicione um pouco de açúcar nessa xícara!

MAIS LIDAS

Sobre fanfics 'oneshot' .

Comecei a ler fanfiction aos meus treze anos de idade, na época em que ainda existia no orkut (céus, como você é velha) aquelas comunidades de "Web Novelas". Iniciei as leituras virtuais com as tais web novelas, que na minha opinião atual eram um pé no saco, pois a plataforma do orkut não permitia uma postagem em página única. As autoras postavam os capítulos através de comentários nos fóruns. Logo, ocorria uma mistura infinita de capítulos da história com comentários de leitoras. Tudo dentro de um mesmo fórum.  Enfim... Quem viveu saberá do que estamos falando aqui, e tchananãn.

Criaram por fim, as fanfictions (ficções de fã) que eram postadas em sites de hospedagem de página HTML, como por exemplo, o vilabol e geocities (R.I.P).  Foi um achado, gente!  Porque você escrevia sua história toda, criptografava em HTML, e a história ficava no padrão atual de postagem. Ah! E havia a possibilidade de ser interativa, o que na época era um babado! Assim que encerraram a disponibili…