07 janeiro, 2015

James Vincent McMorrow




Quando você descobre outra genialidade responsável pela trilha sonora da sua vida, o que fazer?
Virar fã, lógico!


Estou falando do James Vincent McMorrow. *---------*

Irlandês, 14 de janeiro de 1983 (31 anos), | Cantor, compositor,  toca guitarra, bateria, banjo e teclado | Gênero: Indie, Folk | Discografia:  Early in the Morning "No início da Manhã" (2010) - Post Tropical "Pós Tropical" (2014) | Canções Sucesso: Higher Love, Cavalier | Gravadora: Vagrant Records 
Sim, é um lindo
Foi na faculdade que ele aprimorou seu estilo ao amadurecer para os sons acústicos. Até então, baterista e seguia a linha mais rude, com melodias mais pesadas. Aos 19 anos tornou-se compositor. E nessa mesma idade abrangeu seu leque instrumentístico, pegando uma guitarra após escutar Donny Hathaway's. A partir de então compôs canções baseadas nos estilos musicais da década de 70. Grande parte de suas composições foram interpretadas por cantoras, muito pela semelhança ao seu próprio timbre vocal. Sua expansão pública passou a se dar quando suas músicas começaram a trilhar propagandas publicitárias e trilhas sonoras de alguns filmes e séries. 

Agora, como eu conheci o James? [Rá! Como se eu o conhecesse pessoalmente.]  :'(
Eu estava no cinema prestes a assistir meu primeiro filme de uma saga que eu não acompanhei: Amanhecer Parte II. 
E uau! Se tem algo em que valeu muito a pena pagar o ingresso (diria até a única coisa) é a trilha sonora. 


Fofo

Assim que cheguei em casa pesquisei na internet, e lá estava entre todas as trilhas maravilhosas da saga, a música do James, "Ghosts"

* Escute aqui
Me apaixonei perdida e completamente pela arte que James produz. Eu sou adepta do Folk, Indie e Alternativos, mas as canções dele, transcedem a isso!
A alma parece flutuar, e resquícios de lembranças das quais eu não sei se vivi retomam a memória. Louco não é? Mas são sensações que as melodias dele me trazem. Agora, não pense que foi logo após Ghosts que eu virei fã. Porque eu não sou de me tornar fã no primeiro momento, não! Após pesquisá-lo, eu ouvi outras canções e curti. Mas Ghosts era a única que permeava a minha playlist diária. Até que, outro amor da minha vida, me aproximou de volta ao James: a dança.

Criativo
Como alguns sabem, ou não, eu faço Educação Física - sim, eu sei, ué? Não é jornalismo e nem letras? Não. - e comecei a buscar mais da dança para minha vida. E ainda estou tentando aprender e buscar, etc (papo para outro dia). Pois bem, pesquisando acerca do Jazz Moderno, modalidade pela qual estou me apaixonando cada vez mais, encontrei o Michael Cassan (outro lindo, ícone para mim) e em uma de suas coreografias de quem era a música? Isso mesmo, do J.Vincent, chamada "Wicked Game"
Parece até coisa de destino né? Só sei que 'James Vincent + Michael Cassan = arte que explode a alma'.
* Você também pode escutar essa maravilha aqui
E sabe de uma coisa? Wicked Game e Ghosts são diferentes de todas as outras músicas dele, mas com a mesma sintonia entre si. Têm muito mais da voz dele, da alma dele, do âmago, sabe?
Percebem que eu falo o tempo todo de alma, alma, alma? Não é redundância não. É uma verdade repetida que se torna fato. Porque não há, como não viajar e recordar, apaixonar, refletir e meditar apenas com os instrumentais das melodias, que diremos então das músicas com o vocal dele.

Sobre Post Tropical seu recente álbum, eu não tenho nenhuma crítica a fazer. Todas as faixas diferem-se uma das outras e o trabalho é incrível em cada uma. São dez faixas onde uma por uma você passa por dez sentimentos novos. Surreal, algo muito além do mecanicismo musical, em que vivemos. É uma limpeza mental, sem dúvidas. Inspirativo, criativo, evolutivo, dinâmico e todos adjetivos que puderem encaixar. 
* Quer escutar o álbum? Então clica!

Talentoso

Eu escuto na faxina, antes de dormir, em viagem, para dançar, para meditar, para estudar, e principalmente para escrever. Porque esse álbum é um daqueles que fazem eu me sentir inteiramente eu quando os escuto sabe? Minha interioridade expande para o externo e eu acabo me sentindo melhor e mais livre com isso. Inspiração e expiração total. Portanto, quantas vezes precisar eu vou dizer que é um álbum para escutar sempre e a toda hora.
Há quem desagrade completamente ao estilo, e se você não gosta de um som zen&paz então não perca seu tempo. Mas se como eu, músicas que se instalam sob mente e corpo, mais do que falam de qualquer coisa são o seu foco... Então taca-lê pau no player! E taca-lê pau, taca-lê pau, taca-lê pau...

Quer encontrar o James?








Official James Vincent McMorrow website: http://jamesvmcmorrow.com

Conecte-se com James no Google Plus: http://plus.google.com/u/0/1132976564...
Curta James no Facebook: http://www.facebook.com/jamesvincentm...
Siga James no Twitter: http://twitter.com/jamesvmcmorrow
Siga James no Soundcloud: http://soundcloud.com/jvmcmorrow



Até a próxima :)