Pular para o conteúdo principal

Das muitas expressões que você tem...

Talvez eu nunca tenha comentado entre meus muitos poemas e textos, o quão me cativam um sorriso largo de olhar pequeno. E com certeza eu também nunca o disse a ninguém.
Quando você começa a abrir aquele sorriso tímido que vai esticando o cantinho da boca, de um lado em forma teimosa de negar sorrir, eu confesso que é impossível não sorrir da mesma forma. Confesso também que é uma forma de fazê-lo se soltar. Mas gosto mesmo de manter o olhar observativo sobre esses sorrisos e estes olhares que você abaixa tentando esconder o que se passa na sua mente. É de um lado predador meu, natural e inconsciente. 
E quer saber como você me quebra? Quando mantém o sorriso de canto e levanta os olhos para me encarar, e dizer algo que só eu entenda através dessas íris castanho-esverdeadas. 
Nesse momento, eu perco a voz e enrubesço. E fico totalmente desarmada quando por fim, você completa o sorriso cheio de dentes e espreme os olhinhos. Sim, isso me mata. E é aí que você vence. É esboçando essa feição que você zomba de mim, mentalmente dizendo: "Te peguei!".

Comentários

MAIS LIDAS

Sobre fanfics 'oneshot' .

Comecei a ler fanfiction aos meus treze anos de idade, na época em que ainda existia no orkut (céus, como você é velha) aquelas comunidades de "Web Novelas". Iniciei as leituras virtuais com as tais web novelas, que na minha opinião atual eram um pé no saco, pois a plataforma do orkut não permitia uma postagem em página única. As autoras postavam os capítulos através de comentários nos fóruns. Logo, ocorria uma mistura infinita de capítulos da história com comentários de leitoras. Tudo dentro de um mesmo fórum.  Enfim... Quem viveu saberá do que estamos falando aqui, e tchananãn.

Criaram por fim, as fanfictions (ficções de fã) que eram postadas em sites de hospedagem de página HTML, como por exemplo, o vilabol e geocities (R.I.P).  Foi um achado, gente!  Porque você escrevia sua história toda, criptografava em HTML, e a história ficava no padrão atual de postagem. Ah! E havia a possibilidade de ser interativa, o que na época era um babado! Assim que encerraram a disponibili…