Pular para o conteúdo principal

É como chover em um jardim.



Procuramos por lados opostos, por pessoas erradas ou não. Mas procuramos caminhando lado a lado.
Procuramos e encontramos tantas coisas! Tantas sensações e emoções.
Era o suficiente pelo momento. Assim como é suficiente o vento em um dia quente.
E assumimos uma felicidade postulada. 
Era o bastante. 
Só percebemos o quanto é o tamanho de "bastante", quando ele nunca basta. E queremos mais e mais e mais e mais.
Foi em um dia qualquer, que olhamos para trás e vimos tudo que havíamos caminhado separados e os frutos não eram tão doces como queríamos. Decidimos então olhar para o lado. Vimos um ao outro. E entrelaçamos nossas mãos para irmos em frente.
Agora procuramos coisas em comum, unidos e sem rumo. Ouvimos murmúrios diversos. Se dentre eles, algum é maldoso não nos afetará, pois não estamos mais longes um do outro e a união nos fortalece. 
Das sensações que sentimos antes, nenhuma se compara as que sentimos agora. 
Nos completamos e é tão inacreditável como no início não davámos nada por nós. Se é que chegamos a pensar que não tornaríamos tudo em algo tão imenso.

Somos uma múltipla unidade. E tudo isso que acontece... Essas pessoas que aplaudem-nos, o sensação de vitória e de que não precisa-se de mais nada. Esse sentimento inesperado . Isso que eu não sei definir, é tão renovador!
É como chover em um jardim. As flores pedem a chuva enlouquecidas e nunca é o suficiente. A chuva renova a beleza , a força do jardim. Ficam nesse ciclo incansáveis e cúmplices. Amorosas.
Medo do sol forte, que seca o jardim existe. Mas enquanto houver sol haverá chuva. 
A chuva que nos alimenta, que nos salva.
Essa chuva sobre nosso jardim que é o amor.


Por, Rayanne Nayara.

Oi pessoinhas *-* 
Esse texto é uma homenagem ao namoro de 1 ano da minha amiga Lorrane Gouvea com o Rodrigo :D
Ela pediu e eu achei mais do que justo oferecer um texto, afinal eu amo o amor! O amor merece muitos mimos! E bem, eu ofereço o texto aos dois e a Lorrane oferece o texto ao amadinho dela ;)
Espero que não somente o casal, mas também todos os leitores gostem!
Parabéns Lolô ^^' MUITA CHUVA PARA VOCÊS!

Até a próxima pessoal :D

Comentários

Postar um comentário

Comenta! Adicione um pouco de açúcar nessa xícara!

MAIS LIDAS

Sobre fanfics 'oneshot' .

Comecei a ler fanfiction aos meus treze anos de idade, na época em que ainda existia no orkut (céus, como você é velha) aquelas comunidades de "Web Novelas". Iniciei as leituras virtuais com as tais web novelas, que na minha opinião atual eram um pé no saco, pois a plataforma do orkut não permitia uma postagem em página única. As autoras postavam os capítulos através de comentários nos fóruns. Logo, ocorria uma mistura infinita de capítulos da história com comentários de leitoras. Tudo dentro de um mesmo fórum.  Enfim... Quem viveu saberá do que estamos falando aqui, e tchananãn.

Criaram por fim, as fanfictions (ficções de fã) que eram postadas em sites de hospedagem de página HTML, como por exemplo, o vilabol e geocities (R.I.P).  Foi um achado, gente!  Porque você escrevia sua história toda, criptografava em HTML, e a história ficava no padrão atual de postagem. Ah! E havia a possibilidade de ser interativa, o que na época era um babado! Assim que encerraram a disponibili…