Pular para o conteúdo principal

Independência




Todo mundo diz que enfim conseguimos independência.
Mas só há curiosidade em seguir as regras ditadas sem coerência.
Ninguém gosta de perguntar, apenas gostam de se explicar sem ter razão para isso.
Acatando ordens de crianças mal crescidas que procuram mandar desorganizando aquilo que não tem nada resolvido.
Estão todos desconformados, escondidos na conformação de aceitar.
Julgar, sem se julgar.
E procurar motivos para mostrar a verdade unidos.
Não existe independência.
Não existe democracia.
O sistema não está ao favor de nossos ideais.
Na verdade nem temos mais ideais. Nossos pais conquistaram todos.
Deveríamos aperfeiçoá-los, mas não queremos lutar.
Brigar cansa demais. 
Gritar pode incomodar.
Incomodar pode custar a vida.
Foi o que nos ensinaram.
Mas que se exploda o mundo desses otários.
A independência que eu quero é desses jovens bossais!



Comentários

MAIS LIDAS

Sobre fanfics 'oneshot' .

Comecei a ler fanfiction aos meus treze anos de idade, na época em que ainda existia no orkut (céus, como você é velha) aquelas comunidades de "Web Novelas". Iniciei as leituras virtuais com as tais web novelas, que na minha opinião atual eram um pé no saco, pois a plataforma do orkut não permitia uma postagem em página única. As autoras postavam os capítulos através de comentários nos fóruns. Logo, ocorria uma mistura infinita de capítulos da história com comentários de leitoras. Tudo dentro de um mesmo fórum.  Enfim... Quem viveu saberá do que estamos falando aqui, e tchananãn.

Criaram por fim, as fanfictions (ficções de fã) que eram postadas em sites de hospedagem de página HTML, como por exemplo, o vilabol e geocities (R.I.P).  Foi um achado, gente!  Porque você escrevia sua história toda, criptografava em HTML, e a história ficava no padrão atual de postagem. Ah! E havia a possibilidade de ser interativa, o que na época era um babado! Assim que encerraram a disponibili…