Pular para o conteúdo principal

Alma.


No pulsar de buscar a felicidade e os próprios objetivos o ser humano esbarra em propósitos iguais os seus, em sonhos e histórias diferentes.
Impressiona esse círculo da vida onde cada um é diferente e todos são iguais. 
Conhece-se pessoas de outros lugares, com condições de vida diferentes, mas com a mesma procura de príncipios e metas. Todos querem brilhar, não só brilhar para o mundo, mas brilhar para dentro de si. 
São tantas informações e opções de personalidades a cada dia que se passa, que fica difícil escolher o que ser, quem ser e o mais assustador ainda, se descobrir. 
Afinal toda e qualquer coisa é dividida em seus lados bons e ruins e aponte-me Senhor da Divindade, uma só pessoa que não queira ser quista como certa e boa, mesmo quando ela tem por escolha as atitudes transviadas na visão social. 
As motivações são as mesmas meu Caro. 
E como não sentir-se frustrado quando alguém com situações de apoio, de dinheiro e de vitória maiores que as suas, conquista tudo o que você também quis conquistar e que você sabe que poderia tê-lo feito, mesmo com o relógio contra você?  
Então explica-me Sábio de todas as coisas, quando saber que as respostas estão claras e limpas à sua frente?
Quando saber que chegou-se ao ponto final ? 
Que ponto final? 
E acima de tudo, explica-me como saber se haverá oportunidade e tempo à frente. Pois, Vossa Graça já sabe o quão difícil e o quão profundo é o propósito de cada jovem habitante do planeta,  de dominar o mundo externo e o mundo interno da alma. A alma dos habitantes e dos habitados.


Comentários

MAIS LIDAS

Sobre fanfics 'oneshot' .

Comecei a ler fanfiction aos meus treze anos de idade, na época em que ainda existia no orkut (céus, como você é velha) aquelas comunidades de "Web Novelas". Iniciei as leituras virtuais com as tais web novelas, que na minha opinião atual eram um pé no saco, pois a plataforma do orkut não permitia uma postagem em página única. As autoras postavam os capítulos através de comentários nos fóruns. Logo, ocorria uma mistura infinita de capítulos da história com comentários de leitoras. Tudo dentro de um mesmo fórum.  Enfim... Quem viveu saberá do que estamos falando aqui, e tchananãn.

Criaram por fim, as fanfictions (ficções de fã) que eram postadas em sites de hospedagem de página HTML, como por exemplo, o vilabol e geocities (R.I.P).  Foi um achado, gente!  Porque você escrevia sua história toda, criptografava em HTML, e a história ficava no padrão atual de postagem. Ah! E havia a possibilidade de ser interativa, o que na época era um babado! Assim que encerraram a disponibili…