12 março, 2015

(In)Segurança Feminina

Dia após dia percebo, o quanto o universo feminino se encontra mesclado em relação à aceitações de corpo, beleza e personalidade. Encontro garotas inseguras e em busca do padrão de beleza “perfeito”, aquele que a mídia tanto reforça. E com isso, pude perceber analisando a opinião de alguns garotos o quão isso os incomoda.
A maioria dos rapazes acham que, a vergonha que algumas meninas sentem em relação ao corpo - principalmente quando após uma relação tentam esconder a nudez - uma insegurança desnecessária, e alguns dizem que isso desanima no relacionamento. A grande verdade é que os homens nunca se importam se o corpo é perfeito ou não. Para eles, o corpo bonito é apenas um adicional e o que interessa é o conteúdo. Esse papo de "é com as gostosas que vocês preferem ficar" não é totalmente verdade. E eu super indico que vocês assistam ao vídeo do Frederico Elboni, e leiam seus textos no “Entenda os Homens”.
Uma mulher insegura consigo pode atrapalhar no relacionamento, porque ela raramente se encontrará confortável o suficiente com o parceiro para mostrar também os seus defeitos. E o que eles querem é conhecer todos seus ângulos defeituosos ou não. Relacionamento é isso! Por outro lado, há também a turma das mulheres seguras de si, e cheias de personalidade e autenticidade. Queridinhas, autenticidade é tudo. Podem crer. E eu sei que também há o grupo dos marmanjos medrosos, que não aguentam uma mulher segura e fogem. Não é isso que dizem por aí? Ok. Guardem essa frase, porque mais à frente eu vou explicar esse “medo” masculino.
Eu vou ser bem sincera! Homens inteligentes não escolhem as "Marias-Choronas", não apreciam mendicância de sentimentos e preferem aquelas mulheres firmes e bem posicionadas acerca de sua personalidade. Sabe porquê? Para eles, a era do “homem provedor” está lá atrás (com os ossinhos da vovó) e a cumplicidade é o que há. Uma mulher que tenha mente aberta e se ame é muito mais atraente aos seus olhos. Contudo, a diferença está no limite do seu ego. Geralmente essas mulheres que causam medo nos homens, em sua maioria são mulheres que tentam se convencer de sua liberdade. Talvez estejam com uma bagagem de frustrações, e seu interior repleto de dúvidas. E aí ocorre o auto convencimento de que "eu me basto". Nessa “deixa” podem estragar tudo, cuidado. 
Homem nenhum, e mulher nenhuma suporta prepotência. Para os garotos, essa posição de auto suficiência pode soar como um sinal vermelho indicando a inutilidade masculina, portanto eles se afastam. Ainda não conheci ninguém que não admire as mulheres seguras. Conheci quem não admira egocentrismo, ou é psicologicamente inseguro consigo para suportar um companheiro seguro. Por isso, explico que eu não considero medo de mulheres fortes, mas desconforto próprio e/ou insatisfação sobre mulheres prepotentes. 
Acho que entender os homens não é tão difícil, quando se entende as mulheres. Portanto amigas, a minha dica é: Ame-se. Seja feliz, porque é a felicidade que atrai qualquer pessoa. Quando você está bem com a sua visão de mundo, com a sua visão própria, você se torna única, autêntica e agradável. Não precisa ser alta, magra, ou ruiva para isso. Independente das aparências. 
É quando você abre sua boca para uma conversa, mostra sua naturalidade no olhar, e deixa seu feminismo transparecer naturalmente que as pessoas vão perceber você e com isso, os carinhas.Os homens minha gente, gostam de simplicidade. Quem nasceu para arabescos e holofotes somos nós mulheres, que temos um fraco em conseguir atenção. As carentes no fundo, no fundo, somos nós. 
Lógico que eu não estou generalizando, porque isso é um ultraje social. Mas a verdade é que você deve ser segura de si, e segura daquilo que te faz feliz.Medo, raiva ou repulsa de celulite, estrias, espinhas, todas temos. Só não podemos nos tornar escravas da insegurança e muito menos autoritárias ao nosso ego. Limite. Essa é a chave de tudo na vida.

Até a próxima.