31 março, 2012

Chega simples como uma chuva.

Chega simples como uma chuva.
Logo após se torna uma tormenta.
Parecia que ia durar.
Tantas mágoas e tantos sinais se mostraram entre nossos gestos.
Imaginei que chegaria onde queria.

E quando olhei no espelho, não reconheci o reflexo.
Então a minha história estava clara.
E o tempo me ensina muito depressa, que cada minuto que me resta mostrará um relâmpago de tudo que eu fiz.
Quero uma verdade que possa esclarecer, onde eu pisei em falso e me fiz cair.
Os erros que tentei consertar apenas piorei.
Mas eu resgatarei a superfície desse afogamento. Eu sei que eu posso
arrumar as coisas.
Assim eu deixarei meus medos e minhas armas para trás.