01 fevereiro, 2012

Um estrangeiro em mim.

Já não sei o que o espelho mostra.
Mudou tanto um reflexo antigo.
Quem será que estou vendo?
Comparo comigo e não reconheço.

Isso é bom ou ruim?
Há flores no caminho e a música flutua entre senhoras e garotos.

Girando tanto que até minha cabeça está girando.
Talvez você possa me dizer o que tinha no meu copo?
Esquece vá embora.
É melhor eu ir sentar-me.
Não quero parecer fragilizada, entendo que eu amadureci.
E não sei se deveria.
Hoje eu desprendi-me de você. Acabou.
E já sinto um cheiro novo no ar.
Isso é bom ou ruim?
Há flores no caminho e a música flutua entre 
senhoras e garotos.
Dançando eu vou embora, porque já esclareci, que hoje surgiu um estrangeiro em mim.