01 fevereiro, 2012

Borboleta tão Distante


Todas as vezes ao me machucar,eram vocês que estavam lá para me ajudar a cicatrizar.
E de manhã, com todo cuidado deixavam sempre tudo arrumado para que eu fosse descobrindo o dia devagar.

Tomando café, sorrindo com o vento,
balançando nas árvores, curtindo o tempo.
Compartilhávamos outros momentos.
Nós três unidos, familiar.

Borboleta voando para longe.
Foi tão rápido, novo horizonte.
Descobrir o mundo um pouco sozinha .
Borboleta voando para longe.
Vai enfrentar, frio e quedas, mas saberá seguir rumo ao sol.

Não dói tanto porque agora, ela aprendeu como funciona o manual da vida e se preparar para as suas frustrações.

Ela volta para outro café.
Mas é a hora de dizer Adeus.
Borboleta voando tão, tão distante.